Bom Dia

Bem vindos ao  Dia das  Humanidades Digitais 2013.

Cumprimento a todos os participantes por esta iniciativa!

Espero que este seja o inicio de uma conversa global em Português e em Espanhol!

Explorem o site a partir do menu na parte  superior so site.

Vou começar a postar nos próximos dias de modo a que dia 10 tenham uma visão mais completa do meu envolvimento com as Humanidades Digitais.

Em traços largos, fiz a minha formação base em Belas Artes, Pintura (FBAUL) e especializei-me num Mestrado em Ilustração Arqueológica na Universidade de Bath em Inglaterra.

O meu trabalho tem sido no campo da Visualização em Arqueologia. Inicialmente como ilustradora científica em levantamento gráfico em escavações, ao que se seguiu a ilustração de reconstrução histórica, sobretudo para Museologia.

Neste momento encontro-me a preparar a proposta de Doutoramento em Media Digitais na FCHS-UNL no Programa UT Austin – Portugal, cujo tema é “Digital Storytelling for Heritage Sites” e explora as implicações dos media digitais no modo como comunicamos e representamos o passado.

Estou a analisar as potencialidades de plataformas web para comunicar sítios arqueológicos, com especial interesse na visualidade da representação. O que antes era feito com ilustração bidimensional em por exemplo painéis museográficos, hoje pode ser feito de uma forma mais dinâmica, que convida à participação, que promove uma aprendizagem motivada, e que é de certo modo uma comunicação expandida graças às possibilidades oferecidas pela publicação digital.

Este novo modo de comunicação exige novos perfis profissionais e um reconhecimento da relação dos media com a sociedade actual. Dada a rápida adopção das tecnologias digitais na comunicação de património e como tenho trabalhado no ensino de Visualização de Arqueologia, pareceu-me muito  importante  fazer esta pausa para investigação.

Ao longo destes últimos 15 anos vi a crescente adopção de Media Digitais em todas as fases da Visualização de Arqueologia. Desde o levantamento de dados, ao seu tratamento e posterior disseminação.

Na dificuldade em encontrar um campo teórico especifico para o território em que me movo: entre a Arqueologia, a Representação Visual, a Comunicação de Ciência e a Computação,  vejo no campo das Humanidades Digitais uma via possível.

Felicito a iniciativa, e  fico na expectativa de trocar ideias com os restantes.

Muito gosto em participar!

 

Guida